sábado, 18 de outubro de 2008

Reciclar é preciso

Estava eu em meu lugar, e veio minha amiga me convocar pro bar, e lá fui eu.
E o final desta história só minha porcelana sabe...
Preciso escrever, mas a preguiça é uma coisa, né?
Entonces decidi reciclar um texto que escrevi sobre... beber pouco.
Que mundo estranho este...

Texto postado dia 04/08/08 no finado Bog do UOL:

""O caminho se faz ao caminhar???"

Estou oficialmente em TPF (tensão pós férias). Sim, eu estava de férias no maior DDP (dias e dias parada). Curtindo o maior preguição...
Considerando a postura ocidental de férias eu deveria ter viajado, saido muito, interagido com o máximo de pessoas possíveis, utilizando cada nano segundo de minhas tão desejadas férias. Mas devo reconhecer que só de escrever estas linhas estou sentindo um abatimento e um certo cansaço.
Agora não sou uma pessoa tão afeita a diversão sem respeitar os limites do corpo, não me privo de sono, de alimento, evito me entupir com excesso de bebidas e cositas más, não porque virei uma ultramegablaster geração saúde, mas porque ando mais consciente de meu corpo.
Nada como um pouco de papo Zen (noção) para animar uma segunda pós férias!
mas a razão desta minha escrita sobre limites tem a ver com um cidadão chamado Osho (não sei seu real nome, mas isso realmente não vem ao caso) e um dos seus escritos, no caso TAO, sua história e seus ensinamentos.

Resumindo, não se deve forçar nada, deve-se sempre ser fluido, nada de excessos, e de preferência nada de fazer nada.

O cara é o melhor, e eu decidi seguir as orientações do Caminho (acho que é essa a tradução da palavra Tao). E decidi ser o mais calma possível e não criar expectativas em relação a nada.

Resumo da ópera


Não vajei, não me estafei (para os não versados em português a tradução é stress), não me irritei, estou tranqüila (apesar do período de Luto pelo qual recentemente passei), menos tensa (antes eu daria inveja a um violino agora estou relativamente relaxada) e com o TPF menos brava.
Por enquanto é só, amanhã aula...

Fui!
Muito Obrigada!
http://www.osho.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada é imutável.
E opiniões auxiliam na tarefa de mudar mentalidades.
Tente a sorte, quem sabe você consegue...