quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Resoluções para 2010

Oi!
Num belo dia de Fevereiro deste ano escrevi super feliz um post sobre não escolhas para o ano:
http://arquivomentiras.blogspot.com/2009_02_01_archive.html
E demorei quase dois meses para tanto.
Este ano decidi inovar (esta frase meio besta só tem sentido se considerar o post meia boca cujo link está acima) e fazer planos.
O post do início do ano é muito estranho, mais que a média de escritos meus, mas anyway, voltemos a vaca fria.
Antes do projeto em si vamos a um pequeno momento retrospectivo, que é, em si, a razão deste post, e como não sou uma pessoa que curte enrolar, apesar das pessoas que me conhecem pessoalmente poderem discordar, serei sucinta (gostaria de lembrar que, como este é meu espaço, minha verdade prevalece, beleza?)

Primeiro semestre:

Descobri que muitas das coisas que eu achava que eram as melhores para mim, se mostraram falsas. Abri mão do convívio de mutas pessoas, de lugares que frequentava e me vi no meio do olho do furação.

Segundo semestre

Tive vários conhecimentos adquiridos e testados empiricamente: A verdade nem sempre é a melhor política pode ser considerado um bom resumo das muitas situações que passei. Amigos e colegas devem ser escolhidos com muito cuidado e atenção é outra frase que pode resumir o período, mas a mais emblemática é : NUNCA DEIXE SEU CELULAR N95 SOBRE UM MURO PERTO DE UM VÃO DE TRÊS METROS DE ALTURA. O fato de eu ter perdidos vários contatos perto do fim-de-ano é triste demais para comentar. Fora as fotos super show de bola. Ainda tenho esperanças de recuperá-lo...

Resumo da ópera:
Abri mão do contato de muitas pessoas, das quais eu gostava, para buscar um sonho, que agora se mostra idiota.
Sai de um emprego após 10 anos e ainda estou me adaptando, meus dias parecem um comercial ruim do A.A. "Um dia de cada vez" e o problema não é com o emprego, é com os hábitos que trago de longo tempo. Estou melhorando bastante no quesito!
Tenho novos conhecidos, nova rotina.
Aprendi a gostar de usar o Twitter, onde sigo várias pessoas interessantes. Lá aprendi a restringir meu social networking (olha eu gastando meu "ingreis") a pessoas mais adequadas ao meu perfil, ou que sejam aquilo que eu almejo.
Fui obrigada a assumir que não posso ajudar a todos sem antes me auxiliar.

O que eu realmente aprendi em um ano sem fazer escolhas é que isso é tão estafante (stressante para os não versados em português) devido ao excesso de opções que o melhor é fazer projetos para quais os caminhos a seguir e improvisar para poder adaptar as resoluções para as situações não programadas que surgem pelo caminho.

Minhas resoluções para o Ano Novo


Quero ao meu redor apenas pessoas agradáveis, de bom astral, companheiras, capazes de não deixar que as situações ruins tirem seu bom humor, que não reclamem de tudo (sabe aquelas pessoas que só se lembram que você existe quando precisam reclamar com alguém, quando precisam de algo? é deste tipinho!), ou seja, pessoas legais;

Quero sair mais, rir mais, falar muita bobagem(descobri no percorrer deste ano que seriedade não é sinonimo de boa pessoa, ética, agradável. A bem da verdade as pessoas mais bobagentas foram as mais companheiras e gentis do que o bando de 'sérios seres humanos' com os quais andava convivendo).

Quero ser capaz de criar e manter relacionamentos pessoais, e se possível conhecer as pessoas que sigo no Twitter, apesar de estar consciente que a maior parte deles mora no Sul (meio louco isso!)

Quero fazer mais exercícios, viajar mais, conhecer pessoas novas, criar em mim a necessidade de sempre reciclar meus pensamentos me lembrando sempre que independente de minha idade o meu tempo é o AGORA. om ou mal quem o faz sou eu. Logo cabe a mim mudar o que eu não gosto.

Quero fazer outra tatuagem. Tenho em mente o que desejo por em minha pele, só falta arranjar alguém para fazê-la.

Quero me alimentar melhor. Ler livros agradáveis, mudar o foco de minha atenção das ruínas e tristezas do Mundo para as belezas que nele (ainda) existem.

E quero mesmo, do fundo de meu coração que A REALIDADE, A PARTIR DE AGORA, SEJA MUITO MELHOR QUE MEU SONHO MAIS AGRADÁVEL.

E desejo isto para todos os que lêem, ou não este blog muito formoso.

Agradeço ao @casadosbrechos, @morridesunga, @tetouumdado, @BlogdoNoblat, @Sen_Cristovam, @MiriamLeitaoCom, @naosalvo, @japajapeta, @didif, @JulianaDB, e as demais pessoas que sigo no twitter que tornaram meu ano muito mais leve e bem informado.

E agradeço a todos os meus amigos, aqueles que se acham meus inimigos, aos que gostam de mim, aos que nem me toleram.

Desejo a todos um bom ano.

Fui.

Muito Obrigada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada é imutável.
E opiniões auxiliam na tarefa de mudar mentalidades.
Tente a sorte, quem sabe você consegue...