quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Pensar demais mata

Estava eu no meu lugar, me frustrando.
Sabe esta sensação besta de que tem algo faltando e não se sabe o quê? Tipo abrir a geladeira seis milhões de vezes num mesmo dia e não encontrar nada para comer? 

Então, estava eu no meu lugar quando vi um texto, ou melhor, li um texto. Este texto, para ser mais específica: As vantagens de ser Invisível, Leia o Livro, Veja o Filme, Não Necessariamente Nessa Ordem

Então entendi o que me incomodava: não escrever.

Não que eu não tenha escrito este ano, veja bem escrevi por demais: textos e mais textos versando sobre política, projetos e #mimimi em geral. Mas eu não escrevi sobre o que me move: ler.

Eu li as vantagens de ser invisível em 5 horas. Leitura fácil, só que não. É um texto que causa ansiedade, pelo menos para mim, já que as cartas não seguem lineares, tem lapsos no tempo. Para mim é complicado, fico pensando: o que será que ele fez neste período que não foi escrito?

E li outros livros mais, mas isso é para outro dia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada é imutável.
E opiniões auxiliam na tarefa de mudar mentalidades.
Tente a sorte, quem sabe você consegue...